Estudo aponta milhões de bactérias e fungos em moscas formigas e baratas

Estudo aponta 250 milhões de bactérias e fungos presentes nas baratas

Publicado em: 21 dezembro, 2018
Em: Controle de pragas curiosidades dedetização Notícias

Se você é aquele tipo de pessoa que ao ver uma formiguinha, daquelas pequeninas, conhecidas como formigas açucareiras, andando em alimentos, apenas retira e continua comendo, esse estudo traz resultados que você precisa conferir.

Formigas, moscas e baratas foram analisadas por pesquisadoras da Faculdade de Biomedicina da Universidade Metrocamp/Wyden, em Campinas /SP, num estudo que descobriu um número medonho de bactérias e fungos presentes em cada inseto, detalhe… a maioria capaz de contaminar não somente crianças e idosos, como também adultos saudáveis.

Para se ter uma noção do perigo, a barata chegou a apresentar 250 milhões de micro-organismos, e as moscas e formigas não ficaram muito atrás.

Estudo aponta milhões de bactérias e fungos em moscas formigas e baratas

Baratas, moscas e formigas capturadas para o estudo.

O estudo

Os insetos; moscas, baratas e formigas, foram capturados vivos em ambientes doméstico, como cozinha, banheiro, sala, quintal e totalizaram 40 bichos, 11 baratas, 14 moscas e 15 formigas.

Para o estudo, todos os insetos foram pegos de forma natural, com o auxílio de frascos esterilizados, sem utilizar produtos químicos como inseticidas ou outros tipos de venenos.

Já no laboratório, esses insetos foram colocados em solução salina e após o líquido foi analisado de diferentes formas, o resultado foi assombroso.

O resultado

Estudo aponta milhões de bactérias e fungos em moscas formigas e baratas

Barata é colocada em solução salina para o estudo.

De acordo com a bióloga, professora, doutora em ciências de alimentos, Rosana Siqueira, os resultados apresentaram bactérias como Salmonella, Escherichia coli, Klebsiella, Shigelia, Psedomonas aeruginosa, Acinetobacter, Enterobacter aerogenes, e também alguns fungos como Candida albicans e Rhodotorula.

Nas moscas o resultado apresentou certa de 72 milhões de bactérias e fungos, e nas formigas cerca de 13 milhões. Milhões?! São muitos micro-organismos que podem causar diversos tipos de doenças e complicações como febre, diarreia, micoses, vômito, dor de garganta e até infecções urinárias e alimentar.

Rosana Siqueira também orientou que a contaminação, diferente do que a maioria de nós acredita, não ocorre somente com o consumo de alimentos contaminados, mas também ao utilizar utensílios e até peças de roupas por onde esses insetos tenham passado ou pousado, como por exemplo através de objetos que ficam expostos, como copos, talheres e até escovas de dente.

Como prevenir e evitar a contaminação

Então se você é aquela pessoa que comentamos logo no início desse artigo, que ao ver formigas ou moscas sobre algum alimento, apenas retira e come o alimento, comece parando de ter esse tipo de atitude. Numa dessas situações você pode acabar pegando uma doença e com a saúde a gente não brinca.

O correto é se desfazer de alimentos na qual tenham passado algum inseto, independente de qual for, pois de acordo com a pesquisadora, todos os insetos contaminam e não é bom correr o risco.

Em relação aos utensílios, busque manter tudo sempre muito limpo e organizado, ao ver moscas ou formigas, retire e limpe o local com água e sabão. Sempre que for utilizar algum utensílio que estava guardado, lave-o primeiro, antes de utilizar.

Guarde escovas de dentes em armários e procure higienizar guarda roupas sempre que possível, mantenha roupas que estão guardadas sempre limpas e evite guardar peças sujas, pois além de atrair insetos como baratas, também atrai traças.

Se você tem alguma dúvida do que fazer para evitar insetos dentro de casa ou em qualquer outro ambiente, confira nossos artigos, temos várias dicas que podem te auxiliar.

Em caso de infestação de insetos, entre em contato conosco e agende uma visita gratuita.
Para conferir a matéria completa sobre o estudo acima, clique aqui.

*Foto reprodução: G1

Compartilhar


compartilhar compartilhar compartilhar compartilhar compartilhar

Pesquisar

Veja também

Sanitização para comércios, empresas e shoppings

A importância de reforçar a sanitização para os comércios que estão reabrindo

No dia 27 de maio (quarta-feira), o governador de São Paulo, João Doria, anunciou as novas medidas de prevenção e isolamento que serão adotadas nos próximos dias, tanto da capital quanto em todo o estado. A quarentena que já ocorre…

Veja mais...
Casos de escorpião aumentam na cidade de São Paulo

São Paulo alerta para o crescente número de escorpiões na capital

Como todo o cuidado e atenção direcionado ao combate ao Coronavírus, outros pontos importantes em relação a saúde pública acabam sendo esquecidos pela maioria da população. É o que vem acontecendo com o número crescente de escorpiões na capital de…

Veja mais...
Coronavírus pode sobreviver até 3 dias

Você sabia que o Coronavírus pode sobreviver até 3 dias em algumas superfícies?

Diante da pandemia em que estamos vivendo, o maior cuidado que podemos tomar é seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde e Ministério da Saúde que recomendam diversos cuidados com a higiene e limpeza, tanto pessoais quanto do coletivo.…

Veja mais...

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento Estamos atendendo Envie uma mensagem

Fechar




opcaoopcao