Por que é importante manter a desratização

Por que é importante evitar o contato com ratos urbanos?

Publicado em: 7 agosto, 2020
Em: Controle de pragas Desratização Dicas

Diferente dos ratos de estimação, os ratos urbanos, de esgoto e lixão, causam verdadeiros problemas para a sociedade, principalmente pelas inúmeras doenças que transmitem de forma direta ou indireta.

Os ratos de estimação, são sempre limpinhos, vivem em locais adequados e higienizados, com atenção veterinária específica e necessária para manter a saúde do bichinho, ou seja, são 100% saudáveis e não apresentam nenhum mal aos donos ou a sociedade.

Já os ratos de esgoto ou lixão, são animais que vivem em meios contaminados, o que os tornam verdadeiros vetores para diversas doenças perigosas que podem causar até mesmo a morte, além de outros acidentes, e por isso são tão temidos e atraem tanta a atenção da saúde pública.

Além dos prejuízos à saúde da população, com a transmissão de diversas doenças que veremos mais adiante, os ratos também causam outros prejuízos, como o desgaste de peças, estrago de alimentos e outros materiais e até de imóveis.

Por serem animais inteligentes que se adaptaram facilmente ao convívio nas grandes cidades, principalmente pelo fácil acesso a alimentos e abrigos que são oriundos dos grandes centros, os ratos urbanos conseguem infestar os locais com facilidade, formando grandes colônias que tendem a criar maiores prejuízos e aumentar o contágio de doenças perigosas na região.

Algumas pessoas, com dó do ratinho, costumam se aproximar e até pegá-los na mão, mas essas atitudes não são recomendadas nem pelo Ministério da Saúde, nem pela Vigilância Sanitária, já que a pessoa pode ser contaminada e sofrer sérias consequências em relação a própria saúde.

É  por todos esses motivos que o controle de roedores deve ser feito com prioridade e a população em geral deve evitar o contato com o animal e com locais contaminados, porque em uma infestação mais e mais pessoas podem ficar doentes, terem sérios problemas de saúde, maiores números de mortes, além de todos os outros prejuízos citados acima.

Atenção aos locais que os ratos criam seus abrigos

Nós já falamos aqui sobre os tipos mais comuns de ratos urbanos nas grandes cidades, se você ainda não viu pode clicar aqui para conferir. Cada espécie tem seus próprios hábitos e por isso buscam locais diferentes para fazerem os seus abrigos.

Os locais mais comuns são:

Ratazanas (ratos de esgoto): Costumam cavar tocas em áreas de terra como quintais e jardins, também vivem em galerias de esgoto e de águas pluviais, terrenos baldios, margens de córregos e lixões. Geralmente conseguem acesso as casas através dos encanamentos de esgoto.

Ratos de telhado (rato preto); Preferem fazer seus ninhos em lugares altos e por isso são conhecidos como ratos de telhado. Costumam fazer abrigos em forros, sótãos, árvores e locais nas partes altas das casas e galpões. Para fazer seus abrigos, roem madeiras e tijolos dentro dos telhados, causando prejuízos para a estrutura do imóvel.

Camundongos: São de menores no tamanho, mas não significa que apresentem riscos menores. Costumam habitar o interior das residências, fazendo seus ninhos em fogões, gavetas, armários, dispensas e compartimentos de pouco uso.

Doenças mais comuns transmitidas por ratos urbanos

Entre todas as doenças transmitidas pelo rato, a mais grave é a leptospirose, causada pela bactéria da espécie Leptospira Interrogans, que está presente na urina do rato e pode levar à morte o ser humano e animais domésticos.

Geralmente o contágio ocorre devido ao contato com água ou lama contaminadas, como de enchente, limpeza de córregos, caixas de esgoto, águas pluviais, fossas ou de bueiros e manipulação de lixo contaminados com a urina infectada.

No verão, com os altos períodos de chuva, o número de pessoas infectada pela Leptospirose tende a aumentar muito.

Outras doenças transmitidas pelos ratos são: A peste bubônica, o lifo murinho e salmoneloses, além dos acidentes causados pela mordedura desse animal.

Dessa forma é possível compreender melhor como é importante manter o controle de pragas, como a desratização, para evitar a infestação de ratos nos imóveis e bairros. Um descontrole pode levar a diversos problemas para todos, principalmente em relação a saúde que é tão importante.

Fonte: www.prefeitura.sp.gov.br

Compartilhar


compartilhar compartilhar compartilhar compartilhar compartilhar

Pesquisar

Veja também

épocas do ano para a manutenção e controle de pragas em condominios

Especial Síndico – As melhores épocas para o cuidado contra pragas e manutenção

Veja mais...
Contratar termonebulização para acabar com insetos rasteiros e voadores

Por que contratar a Termonebulização?

Veja mais...
Aonde os ratos se escondem durante o dia?

Você sabe onde os ratos ficam durante o dia?

Veja mais...

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento Estamos atendendo Envie uma mensagem

Fechar




opcaoopcao