15 curiosidades sobre o mosquito da dengue

15 curiosidades sobre o mosquito Aedes Aegypti

Publicado em: 15 fevereiro, 2018
Em: Controle de pragas curiosidades dedetização

Entra ano e sai ano e o mosquito Aedes Aegypti continua sendo um dos maiores vilões dentro de nossa sociedade, transmitindo doenças e tirando o sossego do cidadão.

O mosquito é muito pequeno, tem diversas particularidades e agora em 2018 nos assusta também com a transmissão de outra doença, a febre amarela.

As autoridades governantes fazem sua parte no compartilhamento de informações e ações para a sociedade na busca de acabar com a transmissão de doenças, que em relação ao mosquito, é o que mais preocupa. Os cidadãos fazem sua parte evitando água parada e tentando alternativas para não serem vítimas.

Nós da Desentupidora Império nos colocamos a compartilhar informações pertinentes no combate ao mosquito, que você pode conferir clicando aqui, e fornecendo serviços como a Termonebulização que dedetiza o mosquito nos ambientes fechados.

Ainda assim, existem muitas curiosidades sobre o Aedes Aegypti que muitos desconhecem e nós trouxemos abaixo algumas delas.

O mosquito da Dengue

Algumas curiosidades abaixo são importantes para que você saiba mais sobre esse vilão, até mesmo relacionado ao seu processo de transmissão de doenças e ainda conhecimentos desde a sua descoberta até os dias atuais.

1º O Aedes Aegypti é capaz sim de voar mais alto do que 1,5 metros

O Aedes Aegypti procura por lugares mais baixos para colocar seus ovos, mas isso não significa que ele não consiga alcançar locais mais altos, principalmente se for para se alimentar ou copular.

2º O mosquito prefere ficar em lugares mais escuros

Ele irá se esconder embaixo das mesas, cadeiras, camas, cantos de sofás e armários, atrás de cortinas e todo tipo de local onde a luz não alcança. Então se for aplicar veneno no ambiente, aproveite também desses locais.

3º Somente as fêmeas picam

Os mosquitos fêmeas utilizam o sangue para produzir ovos e por isso elas buscam o sangue de seres humanos. Diferente dos machos que não tem essa necessidade e por isso não picam.

4º Costuma picar mais durante os períodos da manhã e da tarde

Diferente de outros mosquitos que atacam mais durante a noite e nos atormentam enquanto tentamos dormir, o Aedes Aegypti irá te atormentar com maior frequência durante a parte da manhã e fiozinhos de tarde.

5º A infestação do mosquito acontece durante o verão

Por conta do calor, o verão é o período que a infestação do Aedes Aegypti mais acontece, visto que o calor altera o metabolismo dos insetos e os fazem se reproduzir mais, como você pode conferir neste artigo.

O mesmo acontece também com outros tipos de insetos.

6º O controle do vetor da dengue é a principal forma de prevenção

A melhor forma de se prevenir é evitar água parada e auxiliar para que não surjam novos focos do mosquito. Dessa forma não irá ter infestação do mosquito, o que irá reduzir o número de transmissões.

7º Os ovos do Aedes Aegypti não são colocados em qualquer lugar

Diferente de outros insetos e mosquitos, o Aedes Aegypti gosta de colocar seus ovos em água parada, principalmente água limpa.

8º Uma única fêmea pode originar 1500 novos mosquitos

Imagine o quanto de mosquitos e infestações não podem acontecer se não ficarmos atentos nos cuidados com água parada e possíveis focos do mosquito?!

9º O embrião do mosquito se desenvolve em 48 horas

São apenas 48 horas para que um novo mosquito esteja pronto para voar por ai a procura de alimentos e parceiros para se reproduzir.

10º O mosquito Aedes Aegypti teve origem no Egito

O termo “Aegypti” significa “Egito” o local onde o mosquito apareceu e através de embarcações, chegou em outros locais do mundo.

11º O mosquito também transmite outras doenças

Zika, Chikungunya e Febre Amarela são as principais doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti. Doenças que hoje trazem muitos prejuízos a sociedade e a saúde das pessoas.

12º Não costumam emitir zumbidos audíveis

Diferente de outros mosquitos, você provavelmente não irá ouvir aquele zumbido chato enquanto o Aedes Aegypti estiver tentando se aproximar de você. Um risco, já que ele terá mais chances de te picar.

13º Sua picada podem causar menos dor e irritação

Além de não ouvir o mosquito Aedes Aegypti não fazer barulho audível enquanto se aproxima, sua picada pode não ser tão sentida e nem irritar ou coçar tanto como de outros mosquitos. Mas isso pode variar dependendo da sensibilidade da pessoa e do tempo e intensidade da picada.

14º Eles se alimentam de seiva de plantas

Apesar de a fêmea do Aedes Aegypti precisar de sangue humano para desenvolver seus ovos, nem ela nem o macho se alimentam de sangue. Eles se alimentam da seiva de plantas.

15º Muitas pessoas tem ou já tiveram dengue e não fazem ideia.

Cerca de 30% dos casos de dengue não apresentam sintomas, visto que a doença é assintomática. Essas pessoas só conseguem descobrir que já tiveram dengue quando são infectadas pela segunda vez e desenvolvem uma versão mais clássica da doença, onde os sintomas de fato aparecem.

Essas curiosidades mostram como devemos nos prevenir, fazendo a nossa parte para evitar a infestação do mosquito, já que o perigo de pegar uma doença séria é muito alta e não podemos correr o risco.

Compartilhar


compartilhar compartilhar compartilhar compartilhar compartilhar

Pesquisar

Veja também

4 dicas para acabar com ratos, insetos e pragas em condomínios

Especial Síndico – 4 dicas para evitar a infestação de pragas no condomínio

Veja mais...
Menina morre por estar infestadas de piolhos

Menina de 12 anos morre infestada de piolhos

Veja mais...
Peste negra e o contágio através dos ratos, piolhos e pulgas

Série da Netflix fala sobre a Peste Negra e a contaminação através dos ratos e pulgas

Veja mais...

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento Estamos atendendo Envie uma mensagem

Fechar




opcaoopcao