Atendimento especializado em Desentupimento e Dedetização em São Paulo

Desentupidora Império Logo
Atendimento 24 horas São Paulo - Ligue: (11) 3983-1006 Clique aqui e fale conosco agora (11) 3983-1006

Atendimento Estamos atendendo Envie uma mensagem

Fechar






    Quais locais o cupim pode formar colônias e causar infestações?

    Quais locais o cupim pode formar colônias e causar infestações?

    Publicado em: 15 de março de 2021
    Em: Controle de pragas Por: Império

    Os cupins são insetos que causam grandes infestações em pouco tempo, principalmente porque o macho e a fêmea que formarão uma colônia, ficam responsáveis somente pela tarefa de acasalar e popular o ninho.

    Nas grandes cidades, existem 3 tipos de cupins muito comuns e cada um deles tem a preferência por um determinado local para formar suas colônias. Ou seja, tudo depende do tipo de cupim que pode estar no imóvel para saber com mais detalhes, onde podem estar as colônias e a infestação.

    Para ajudar você a identificar, trouxemos abaixo quais são os tipos de cupins e os locais que cada espécie costuma infestar.

    Os três tipos de cupins mais comuns

    Com suas particularidades, os cupins mais comuns nas grandes cidades são:

    Cupins subterrâneo

    Também conhecido como cupim de solo, ele pode fazer sua colônia no subsolo ou em locais que tenham as condições semelhantes.

    Ele não ataca a madeira, mas cria grandes colônias no solo e, se não tratado corretamente, pode criar grandes tuneis que podem chegar até 100 metros do ninho principal.

    Toda essa infestação pode trazer outros prejuízos para o imóvel, como comprometer a sua estrutura/base.

    Cupim de madeira seca

    O mais conhecido pelas pessoas, costuma fazer suas colônias na própria peça de madeira.

    Podem ser reconhecidos a partir de sinais que deixam próximo da madeira infestada, como furinhos na madeira e/ou um pó bem fininho no chão.

    Em pouco tempo podem se alastrar pelo local, construindo suas colônias em outras peças.

    Cupim arborícola

    Sua particularidade está em construir suas colônias no ambiente externo, nos topos ou copas de árvores. Em alguns casos, esses cupins podem utilizar postes e telhados para apoiarem seus ninhos, aumentando o espaço para a infestação.

    Seus ninhos costumam apresentar uma coloração bem escura, quase preta, são bem grandes e podem chegar até o chão através de tuneis que fazem dentro das árvores.

    Analisando assim, cada uma das espécies separadamente, conseguimos entender melhor quais os locais que os cupins podem formar suas colônias e causarem infestações prejudiciais.

    Os locais mais comuns podem ser:

    • Subsolo, no quintal por exemplo;
    • Em madeiras secas, como portas, objetos de decoração feitos de madeira, móveis, assoalhos, pisos e outros;
    • No topo de árvores, no telhado ou no alto nos postes, onde os cupins aproveitam a proximidade com a árvore infestada para dar suporte ao ninho.

    É muito importante que, em casos de infestação, o local seja avaliado por uma Descupinizadora para que se encontre o melhor tratamento, a fim de evitar maiores danos ao imóvel e a saúde dos moradores, logo que, dentro de casa, uma infestação de cupins pode causar episódios de alergia, principalmente em crianças e pessoas com problemas respiratórios.

    Caso tenha dúvida sobre infestações de cupins, entre em contato conosco e nossos técnicos poderão avaliar o local, inspecionar o tipo de cupim presente no local e recomendar a melhor solução.

    Para conferir as dúvidas mais comuns sobre descupinização, clique aqui.

    Compartilhe este artigo